03 novembro 2010

Amor é fogo

Viviam um amor tão ardente que estavam sempre se queimando.
As palavras que antes aqueciam eram, agora, lançadas como brasa.
O clima estava quente, mas não havia mais lenha, nem fumaça havia - só cinzas.

Isaac Ruy

Um comentário:

  1. Difícil quando o amor te consome até restar somente escombros...

    ResponderExcluir